Mentoras

SUSI BELLINI

A política está no sangue da família Bellini e Susi não podia ser diferente. A empresária do ramo da fotografia desde 1994 recebeu o convite do partido para ser candidata a vereadora de Itajaí em 2008. Na época Susi teve muitas dúvidas, afinal seu irmão era prefeito, estava no terceiro mandato. Ela tinha a vida organizada, fazia parte da Associação Empresarial de Itajaí e nem passava pela sua cabeça se candidatar. Mas a vontade falou mais alto e ela aceitou o desafio. Susi Bellini se candidatou pela primeira vez e foi eleita com 2.447 mil votos. Era a única vereadora mulher naquele mandato.

A trajetória profissional da vereadora é marcada pela atuante participação na ACII desde 1995 e pela dedicação ao voluntariado. Susi foi é destaque no meio associativista feminino. Foi coordenadora do Núcleo da Mulher Empresária, assumiu vários cargos na diretoria da ACII. Em 2003 assumiu a Presidência do Conselho Estadual da Mulher Empresária da FACISC (Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina), onde permaneceu até 2004. Em 2006, Susi Bellini ganhou o prêmio de Mulher Empresária Destaque 2005, entregue pela Associação Empresarial de Itajaí, considerado uma das maiores premiações empresarial do Estado de Santa Catarina.

Susi pratica o voluntariado há mais de 18 anos. Ela organiza o evento Mariquinhas e Maricotas, promovido em prol da Apae, colabora com as crianças do Hospital Infantil Pequeno Anjo, através da Avisa (Associação das Voluntárias pela Infância Saudável), e foi 1ª Vice-Presidente da Associação Passos de Integração. Todas essas atividades contribuíram para a carreira política de Susi. Ela cumpriu dois mandatos como vereadora, atuou em comissões e uma de suas principais bandeiras foi a Segurança Pública. Na sua segunda gestão Susi assumiu como Secretária de Segurança Pública de Itajaí.

Em 2010, Susi Bellini registrou candidatura para concorrer à vaga de Deputada Estadual pelo Partido Progressista. Com 20.745 mil votos a parlamentar foi a terceira suplente do PP na Assembleia Legislativa. Mas não assumiu para não ter que renunciar ao cargo em Itajaí. O caminho na política para a mulher é árduo. Ela explica que o tempo todo tem que provar para que veio. A mulher tem pouco espaço e precisa aprender a fazer o jogo político para conseguir ter êxito na carreira. Ensinamentos que ela trouxe da mãe a nortearam enquanto esteve na vida pública: fale sempre a verdade, não enrole e cumpra sua palavra. Com essas premissas Susi foi construindo sua liderança baseada em credibilidade. Como em qualquer outra carreira, para ser político é necessário estar preparado. Saber o que
um vereador faz. Susi explica que o que acontece é que muitos assumem sem saber e aí fica ainda mais difícil trabalhar. Os desafios são muitos mas ela considera o período que esteve lá enriquecedor.

Atualmente Susi está planejando o futuro, mas a política não está nos seus planos. Certamente vem novidade na área empresarial.

LIDERANÇA
POLÍTICA

Encontro dia às 19:00